Categorias

SPFW :: LOOKS COM JACQUARD

Percorremos os corredores da semana de moda e flagramos fashionistas usando jacquard.

Apesar das marcas estarem apresentando suas coleções de verão, o clima era de muito frio pela bienal, flagramos Fabiene que trabalha na Luminosidade com um casaco lindo feito com patchwork de jacquard comprado na França da marca 101 Ideas.

Quem também investiu num casaco quentinho de jacquard foi a jornalista Karina Conde, que comprou o modelito num brechó!

A jornalista Nayana Fernandes também achou seu vestidinho fofo de jacquard de bolinhas estilo anos 60 num brechó.

Alyce Takai, estilista e jornalista de moda do Moda para usar escolheu um casaco de jacquard com padronagem espinha de peixe com fios dourados da Renner.

A dentista Cissa escolheu um casaco romântico de jacquard com mini corações da Yumi comprado em Londres.

Juss, estilista que tem uma marca com mesmo nome, foi ao SPFW com um casaco de jacquard feito por ela mesma.

A jornalista Akiko também colocou a mão na massa e disse que foi ela mesma quem fez essa saia de jacquard com fios metálicos dourados.

Dhora Costa estava toda trabalhada no jacquard com um casaco incrível de patchwork da Mango, a estilista e professora de moda também foi ao evento com uma bolsa Victor Hugo de jacquard.

E não faltaram bolsas de jacquard pelos corredores, a designer Maíra Becker carregava com muito estilo sua Louis Vuitton.

A fisioterapeuta Mika Ariki estava toda de preto combinando com sua bolsa Victor Hugo de jacquard.

Ana Rosa, assistente social, estava na fila para assistir a um desfile quando a flagramos com sua bolsa Christian Dior com monogramas em jacquard.

A estudante Juliana Terlizzi estava com uma bolsa muito fofa de jacquard com broches de gatinho comprada na Galeria do Rock.

Mas a marca de bolsas feitas com jacquard mais vista pelos corredores desta edição foi a Gucci. A estudante de direito Andrea Di Sessa Soares,  a bancária Denise Hajjar e a gerente de moda Paula Cimino carregavam suas bolsas com muito estilo pela bienal.

Vimos pelos corredores fashionistas usando acessórios com jacquard como a tatuadora Sheila Rozendo que estava com seu tênis Nike assistindo os desfiles pelo telão.

Encontramos com a jornalista Marcela Dangot que estava com um cachecol lindo de jacquard com fios metálicos da H&M.

O jornalista Vinicius Ferreira aproveitou para usar um galão bordado da Amapô para colocar sua credencial.

A estilista Magah Rabelo também usava um outro modelo de galão bordado da marca Amapô.

MANDINGAS DO BRASIL

Camisa da seleção brasileira que será usada na copa de 2010 chega às lojas em duas versões, a oficial, uma reprodução do modelo que será usado pelos jogadores e a réplica com alguns detalhes diferenciados.

Camisa oficial do Brasil

A um mês do ínicio do Mundial, os torcedores começam a preparar os kits para a torcida com muitos itens “para dar sorte” como a réplica da taça, pé de coelho, figa, pé de pimenta, trevo de quatro folhas, olho grego e não poderia faltar a camisa da seleção brasileira, também conhecida como o “Manto Sagrado”.

A Nike já lançou os dois uniformes oficiais, a camisa amarela e a azul. Nas lojas podem ser encontrados dois modelos: o oficial, o mesmo que será usados pelos jogadores em campo e a réplica.

As principais diferenças em relação as duas fica por conta da modelagem que no caso da oficial é mais justa para evitar os puxões dos adversários dentro do campo. Na imagem acima percebemos essa leve diferença, a camisa amarela da esquerda mostra o modelo oficial e a azul da esquerda é a réplica.

Outra diferença fica por conta dos 200 pequenos furos nas laterias cortados a laser que ajudam na ventilação e que não existem no modelo da réplica. Abaixo vemos a imagem da lateral da camisa oficial.

Camisa oficial do Brasil

O escudo CBF é aplicado pela técnica de silk-screen na camisa oficial para tornar o uniforme mais leve e evitar o atrito do bordado com partes do corpo.Veja imagem abaixo.

Camisa oficial do Brasil

O modelo réplica da camisa continua tendo o brasão feito de etiqueta bordada com detalhes como o nome da Brasil e as estrelas bordados sobre o tecido. Eu particularmente prefiro esse modelo de escudo, acho muito mais rico e remete à tradição da seleção brasileira no futebol mundial. Mais detalhes do escudo nas imagens abaixo.

Camisa oficial do Brasil

Camisa oficial do Brasil

Ambos os modelos levam etiqueta bordada de segurança numerada para afirmar a originalidade da peça, foto abaixo.

Camisa oficial do Brasil

A marca esportiva entra na onda ecológica e da sustentabilidade e desenvolveu para o tecido das camisas um poliéster produzido a partir da reciclagem de garrfas PET, matéria-prima do novo uniforme. Cada camisa é produzida com oito garrafas, para saber mais clique aqui.

Pensando nesse amor dos brasileiros pelo futebol e pelas superstições, a Nike produziu um curta com três jogadores contando suas mandingas, veja vídeo abaixo.

Via e via

ESPECIAL ETIQUETAS PARA CALÇADOS :: NIKE LOOPWHEELER

Nike Loopwheeler

Que tal sair do usual e colocar uma etiqueta no contraforte? Fica charmoso e bem diferente, não acham?

Já faz um tempo que a Nike lançou o tênis acima em parceria com uma empresa japonesa chamada Loopwheeler que fabrica tecidos numa máquina muito antiga chamada loopwheel. Essa máquina produz apenas um metro de tecido por hora, a produção é bem pequena, o que faz com que o tênis seja muito precioso.

Via

NIKE CUFF

Nike Cuff

Quem disse que não vai etiqueta em relógio? Olhem que legal esse modelo da linha Nike Cuff para crianças e adolescentes, ele vem com três pulseiras diferentes para você trocar e combinar com sua roupa.

Nike Cuff