Categorias

MARIO QUEIROZ FORRA SOFÁ COM JACQUARD

Estilista reutilizou um tecido de coleção passada para redecorar a sala de seu apartamento.

Saiu na edição de junho da revista Casa Claudia uma reportagem sobre a decoração das salas de estar alguns estilistas, dentre eles a de Mario Queiroz, parceiro de longa data da Helvetia.

“Busco inovação sempre. Invisto nas novidades para garantir bem-estar e informalidade nas roupas que crio ou no lugar onde vivo” diz o estilista que decorou sua sala com peças que têm tudo a ver com suas criações.

Mario que prima pela exclusividade em suas peças imprime sua marca na escolha de móveis resvestidos com jacquards exclusivos como é o caso da poltrona da Dpot feita com o mesmo tecido desfilado na coleção de inverno 2006 usado em casacos e chapéus.

Como exemplo de sustentabilidade, o sofá antigo ganhou cara nova com as sobras de jacquard da coleção de verão 2007 que foram usados nos tênis e bolsas da coleção.

SPFW :: MARIO QUEIROZ E HELVETIA

Desfile masculino inspirado na cidade de Istambul tem etiquetas bordadas com cores clara nas peças.

Nesta edição de verão 2011, Mario Queiroz resolveu dizer não ao preto, a cor ficou de fora da passarela, perguntado sobre o motivo da decisão, o estilista explicou que gostaria de passar uma sensação de felicidade, suavidade e tranquilidade e optou por cores claras e tecidos com fibras naturais como o linho, algodão e seda.

As etiquetas da coleção acompanharam a cartela de cores suaves da estação como pode ser visto nas imagens abaixo.

O tema da coleção partiu da cidade de Istambul, onde o oriente encontra o ocidente num clima urbano contemporâneo onde os homens usam roupas leves de alfaiataria sem forros e ombreiras.

SPFW :: MARIO QUEIROZ E HELVETIA

Estilista desfila coleção de inverno 2010 com etiquetas bordadas Helvetia.

Começou ontem mais uma edição do São Paulo Fashion Week e a Helvetia esteve presente no evento de moda mais badalado do Brasil apoiando o estilista Mario Queiroz.

Perguntado sobre a escolha de etiquetas em suas peças, Mario Queiroz respondeu que prefere trabalhar com etiquetas bordadas porque valorizam suas peças e combinam com seu público seleto e exigente.

Mario Queiroz reforçou a ideia de que a etiqueta é importante dentro de sua coleção porque ela identifica sua marca e seus clientes valorizam uma etiqueta externa com o nome do estilista em suas roupas.

Nesta edição, Mario Queiroz fez uma coleção inspirada na diversidade de Londres, num encontro inusitado do punk com um gentleman no metrô da capital inglesa.

Como na estação passada o estilista se inspirou em Paris, uma das capitais mais importantes da moda, desta vez resolveu homenagear Londres e fez etiquetas que combinassem com o tema da estação, como podemos ver nas imagens abaixo.

Mario Queiroz

Esta etiqueta xadrez foi aplicada no bolso externo traseiro da calça com  estampa de vários ícones da moda inglesa.

Mario Queiroz

Mario Queiroz

Como o tema era o punk, Mario Queiroz também fez uma etiqueta com manchas no fundo que foi aplicada nas costas da camiseta de manga longa com a bandeira da Iglaterra estilizada. As mesmas manchas apareceram na maquiagem borrada dos modelos.

Mario Queiroz

Para ver mais fotos do desfile clique aqui.

UPDATE

A equipe do Mario Queiroz nos enviou mais algumas fotos de produtos com a parceria da Helvetia.

Mario Queiroz

O tema da Inglaterra foi mais uma vez explorado para esta etiqueta bordada com entretela que foi aplicada no bolso externo de uma calça.

Mario Queiroz

O tag com entretela e aplicação de ilhós com a famosa bandeira do Reino Unido estilizada será colocado em todas as peças que serão vendidas na loja do estilista.

ESPECIAL DECORAÇÃO :: MARIO QUEIROZ

Mario Queiroz

Estilista forrou poltrona com tecido Jacquard.

Hoje finalizamos a série especial decoração com uma imagem da parceria do Mario Queiroz com a marca de móveis de decoração Dpot e a Helvetia.

O estilista criou a padronagem de arabescos para sua coleção de inverno 2006  e a Helvetia fabricou o jacquard com fios acrílicos para dar a sensação de lãzinha. Das passarelas, o tecido foi parar na poltrona que ele assinou para a marca Dpot com estrutura de madeira e metal.