Categorias

FASHION RIO :: 5º DIA

Via: Poko Pano/OESTUDIO/Andrea Marques/Ausländer/ Triya/Reserva.

Abrindo a última tarde de desfiles pelo Fashion Rio, a Poko Pano, inspirada na cidade Salvador, na Bahia, para comemorar os 25 anos da marca, levou para a passarela, como já era de se esperar, uma coleção de moda praia bastante colorida.

O tema escolhido pela Oestúdio foi os moradores de rua e a coleção tem por nome “R.U.A – Realidade Urbana Anônima”, embora não tenha apresentado o tema de forma pejorativa, mas de maneira criativa. Surpreendentemente, o desfile de primavera/verão 2012/2013 do coletivo e sua parceria com 20 estudantes veio não apenas criativo, mas também com muitas peças que carregam a possibilidade de serem usadas. As referências aos moradores de rua se fizeram presentes em peças que continham amarrações ajustáveis e misturas de “pedaços de peças”, como preferir. A impressão que se tem ao visualizarmos as peças é a de que os materiais foram reutilizados para dar vida à coleção.

Terceira marca a pisar na passarela deste último dia de Fashion Rio, Andrea Marques trouxe a idéia de um verão feminino, colorido, leve e belo. Recortes, combinações bem feitas e vestidos mais larguinhos deram o tom da coleção, que tem na cartela de cores amarelo, laranja, preto, branco, estampas multicoloridas e florais. A maioria das peças são clássicas, porém não foram mostrados de maneira óbvia e previsível. Se depender de Andrea, o verão será regido por cores solares, muita leveza e conforto.

A coleção de verão que a marca carioca Ausländer levou à passarela foi inspirada nos super heróis dos quadrinhos. Um verdadeiro mix de vontades e inspirações, de um lado, terninhos com paletós sem mangas e shorts floridos, de outro, looks ajustados e com pontos de dourado. Na cartela de cores, os tons evoluíram dos mais clarinhos até chegar aos mais escuros, com destaque para o preto e o azul. Estampas diversas figuraram na peças da coleção e dentre elas, desenhos dos super heróis, é claro.

Com 22 estampas que reproduziam pinceladas abstratas, a Triya mostrou seu verão, repleto de boas peças que saem com tranqüilidade das areias para o asfalto.

Fechando o último dia de desfiles, a Reserva levou para a passarela um mix de suas coleções intantil, masculina, que por acaso é o seu carro-chefe, e feminina. A marca carioca encerrou a temporada de verão 2013 com um desfile teatral e jocoso. A festa armada na noite de sábado foi certamente uma maneira divertida de fechar o evento de moda carioca.

O Fashion Rio chegou ao fim… Que venha o SPFW! Confira as novidades e o line-up completo aqui!

FASHION RIO :: 4º DIA

Mallu Magalhães abriu o quarto dia de desfiles no Fashion Rio Verão 2013.  A jovem cantou no desfile da grife 2nd Floor que levou para a passarela uma mistura interessante: Tropicalismo e o universo dos cowboys. A coleção evoluiu de maneira bastante perceptível, começando com as peças P&B, partindo para a estamparia tropical e por fim os vestidos e as saias mulet, que traziam as cores da bandeira nacional.

Em seguida, com peças que reúnem estilos e detalhes multiculturais, o que, diga-se de passagem, é a cara da marca de um dos estilistas mais talentosos do mundo, a coleção de Alexandre Herchcovitch trouxe a proposta de um verão luxuoso. Inspirado em exploradores do deserto, o estilista colocou na passarela diversas roupas em tom cáqui e muito jeans, inclusive peças resinadas que deram a impressão de serem feitas de couro. A estamparia deu um show a parte, com desenhos de mapa-múndi e outras imagens, que são típicas das regiões desérticas. Uma coleção de tirar o folego!

Via

Nosso parceiro a mais de 12 anos, Alexandre apresentou sua coleção e aplicou etiquetas bordadas da Helvetia nas peças.

Para esta estação, Alexandre continua usando em suas peças etiquetas com design clássico de fundo preto e o nome da sua marca em branco.

A Espaço Fashion teve como inspiração para o Verão 2013, a Turquia e a banda de heavy metal Iron Maiden e juntou isso tudo ao mesmo tempo. Do Oriente, vem as peças em um tom de bege com desenhos de arabescos estilizados.  Já a parte heavy, pode ser percebida através dos tons de verde fluo e tecidos com aspecto plastificado.  Sobrou espaço também para os fluidos e assimétricos, must have da coleção.

Cantão desfilou na passarela, nesta edição do Fashion Rio, muito grafismo e cores.  A marca, se inspirou em elementos como a tipografia, os carimbos, os livros, as letras, dentre outros para compor os looks que darão o tom do próximo verão.  As estampas étnicas, com letras aleatórias e os desenhos florais em forma de borrões certamente chamaram a atenção. Dentre os materiais utilizados na confecção das peças estavam presentes a organza, a seda e o gaze de linho, responsáveis pela leveza e fluidez das peças. Na cartela de cores predominaram o laranja, o amarelo, 0 branco, o azul e o off-white.

Via

A Helvetia uniu-se a equipe da Cantão, para criar etiquetas bordadas inovadoras e criativas, que assinam os looks da coleção Verão 2013 da marca.

A parceria entre a fábrica de etiquetas Helvetia e a grife Cantão é marcada pelo uso de etiquetas recortadas a laser, com base jacquard de alta definição, que valorizam a proposta da marca em oferecer roupas autênticas, com modelagens e estampas marcantes, valorizando o conforto e o sentir-se bem.

Para encerrar o dia, Lenny Niemeyer levou para a passarela sua moda praia poderosa, com modelagens ousadas e fortes estampas. Além dos maiôs e dos biquínis, também estavam presentes vestidinhos, saias lápis combinadas a tops e chemisiers.

FASHION RIO :: 3º DIA

O terceiro dia de fashion rio começou com o  desfile da marca Ágatha, que trouxe plissados, volumes, e tramas que formavam um tecido telado. As cores se basearam nos elementos da natureza, viu- se muitos tons de verdes e azuis.

Em seguida veio Nica Kessler, que tinha como tema A riqueza das louças Vista Alegre (porcelana portuguesa, sempre pintada à mão). Na cartela, cores suaves e muitos looks estampados, com flores miúdas e um mix de frutas e flores. Os conjuntinhos também apareceram em alguns looks.  O charme ficou por conta dos acessórios, com brincos e braceletes em formatos de garfos e colheres, sem contar no sapato boneca que é um luxo.

Looks dos desfiles da Ágatha e Nica Kessler.

A terceira a desfilar, a R. Groove, trouxe para o público masculino uma coleção bem cool, que mistura o esporte e a alfaiataria. O desfile foi inspirado em uma volta de skate pela orla do Rio. As bermudas vieram em dois comprimentos, para os mais moderninhos ela veio até o joelho e para os mais tradicionalistas um pouco abaixo do joelho. As cores eram sóbrias com alguns pontos de cor.

Em seguida desfilou a Maria Bonita Extra que trouxe peças bem estruturadas nos ombros e no quadril, com o tema “Metamorfose; a leveza e a aerodinâmica da libélula”. O que se viu foi uma coleção delicada e bem gostosa de se apreciar. Na cartela, cores como o amarelo, azul, verde, roxo, rosa e nude.

Looks dos desfiles da R.Groove e Maria Bonita Extra.

A inspiração da Coven veio do livro A Ilha de Arturo, da escritora italiana Elsa Morante, o universo náutico do livro foi representado nas peças através das estampas de ancoras, correntes e cordas o estilo navy também foi representado pelas cores da cartela que basicamente eram o azul, vermelho e o branco.

Encerrando os desfiles do terceiro dia, a Coca – Cola Clothing trouxe muito jeans para a passarela, com um verão bem oitentista, e com o tema “Coke Evolution”, as modelagens apresentadas eram amplas e a cintura era alta. Destaque também para as jaquetas bomber e para as minissaias. As cores eram bem variadas os jeans vieram claros e délavé, muitos tons pastel, passando por vermelhos e amarelos.

Looks dos desfiles da Coven e Coca-Cola Clothing.

Via.

 

FASHION RIO: 2ºDIA

Com um pouco de tudo acontecendo no Jockey Clube, a nova casa do Fashion Rio, o evento teve nesse segundo dia um clima bem carioca.

Via: Looks da Salinas e Cia. Marítima

Em meio a vestidos e saias amplas e esvoaçantes, Renata Salles e Marcela Calmon, estilistas da Filhas de Gaia, abriram o segundo dia de Fashion Rio com brilho, bordados e volumes discretos.

Na sequência, sob o comando de Yamê Reis, a carioquíssima Totem, apresentou a coleção Paraísos Artificiais. O verão da marca é despojado, colorido e sutilmente elegante com tecidos mais luxuosos e brilhos discretos.

Melk Z-Da é conhecido pela pegada conceitual, mas para esse verão o estilista quer ver sua cliente mais enfeitada. No desfile, o  terceiro do dia, Melk investiu em peças de alfaiataria elaborada com aplicações de cristais e vários tipos de bordado.

O tema proposto pela Salinas, de Jaqueline de Biase, foi: 30 anos de praia, 30 anos de Rio, 30 anos mergulhando no Brasil. Tudo isso com muita cor, laços e babados. Coleção fofa na medida certa.

A segunda marca de beachwear a desfilar foi a Cia Marítima, que deixa para trás as passarelas da Bienal e se lança nas areias cariocas. A estreia no Fashion Rio teve a top Isabel Goulart como destaque e as praias do Havaí como referência. Peças cheias de recortes sensuais são a cara da label.

Encerrando o segundo dia de desfiles, a TNG mostrou seus tradicionais jeans, desta vez nas mais diversas lavagens: do dégradé, quase branco, até o black, levemente acinzentado. A marca mostrou uma série de boas peças em tons de azul, índigo, branco. Uma alfaiataria discreta, mas estampada, chamou atenção de todos.

FASHION RIO: 1º DIA

Enquanto a 21ª edição do Fashion Rio respira o meio natural e a sustentabilidade buscando o equilibrio entre a natureza e o concreto, a passarela do primeiro dia do evento não é tão diferente. Cores e texturas das plantas, flores e o mar foram interpretados pelas marcas apresentadas.

Via: Do Navy ao Marrocos, todas as coleções do Fashion Rio

O primeiro desfile foi o da Blue Man; a marca está completando 40 anos e por isso apresentou uma coleção linda, vibrante e alegre. Quarenta anos em vinte minutos. Essa foi a ideia da grife Blue Man. Aproveitando a data redonda de aniversário, Sharon e Thomaz Azulay fizeram uma releitura das quatro décadas de praia com muito branco, neon e estampas coloridas.

Em seguida, duas (boas) estreias: Oh, Boy! e Sacada; a primeira com uma  moda muito jovem e moderna e a segunda fincando seu pé na moda sofisticada. Ambas fizeram bonito.

Do fundo do mar como marinheiras de um balneário francês, os acessórios da New Order, quarta a desfilar,  foram inspriados no universo lúdico do náutico. O clima navy tomou conta da passarela, não à toa, vários elementos que remetem ao estilo puderam ser vistos nas peças da grife de acessórios. Azul-marinho, branco, vermelho e tons de caramelo integraram a cartela de cores. Nós, correntes, redes, cordas e conchas arremataram bolsas, colares e sapatos (com destaque para as flatforms metalizadas). Peixes deram forma a minibolsas e frutos do mar (de lagostas a caranguejos) também apareceram em detalhes.

Ponto para as shopping bags e para as bolsas baú. Detalhe para a bolsa confeccionada Com tecido Helvetia produzido exclusivamente para a marca.

Desfile New Order/ Detalhe bolsa com tecido Helvetia. Veja, também, vídeo do GNT.

Na sequência a Patachou, marca mineira, que veio com uma coleção inspirada pelos jardins de Monet, apresentou uma coleção leve, fluida, fresca e superdelicada. Transparência foi a palavra-chave da coleção e apareceu em praticamente todas as peças, até mesmo nas calças.

Para finalizar, Alessa comemorando 10 anos da marca, com uma novidade: uma moda mais urbana, estampas em branco e preto e algumas peças em alfaiataria. Sem dúvida, um amadurecimento e um upgrade para a marca tão lembrada sempre por seus caftãs e suas grandes estampas coloridas que ela fez bem em também mostrar.