Categorias

Tecido Jacquard com Bordados de Caveira

Você sabia que as caveiras ainda não caíram no esquecimento da galera?

Pois é, muita gente ainda utiliza roupas com esses tipos de estampas além de combinar também com os diversos tipos de acessórios que hoje já existem, desde brincos até anéis e pulseiras.

untitled

Em uma das coleções passadas de Alexandre Herchcovitch ele também usou as caveiras como uma crença da moda. Elas vieram de estilos diferenciados e formas elegantes, acredite se quiser, isso é possível.

Nós também já tivemos por aqui registros destas caveiras, e em Teares Jacquard elas ganham formas incríveis, em Tecidos Personalizados:
DSCN0431_ED

DSCN0432_ED

Quem ai gosta deste estilo? Já pensou uma parede inteira com tecido em Jacquard com formatos em caveira? Há quem goste…

E você?

SPFW VERÃO 2013 :: 1º DIA

A temporada brasileira de Verão 2012/2013 continua com tudo. Depois do Fashion Rio, é a vez das grifes do line-up do São Paulo Fashion Week mostrarem suas propostas para a próxima temporada.

Via: Animale, Alexandre Herchcovitch e Tufi Duek.

Quem abriu o primeiro dia de desfiles foi a Animale, que trouxe a savana africana para a passarela, com uma cartela de cores neutras, que ia dos tons nudes e terrosos ao grafite e preto. Muita transparência, tecidos leves e CLARO, seguindo o tema animal print. A modelagem era bem justa ao corpo, o que conferia mais sensualidade, sem falar dos tecidos fluidos que passam aquela ideia de leveza.

Logo no primeiro dia tivemos um dos desfiles mais esperados da semana de moda, o feminino de Alexandre Herchcovitch , que trouxe um desfile inspirado no cantor ícone dos anos 80,  Boy George.  As formas vieram amplas e um toque do universo masculino pairou na coleção. Alexandre levou para a passarela peças de shantung, georgete de seda e cetim entre padronagens de xadrez, quadriculados e macro corações, além de peças com números e letras. Cores não faltaram: azul cobalto, rosa forte, amarelo, cereja e muitos escarpins que vão do branco ao coral.

Sempre parceiro da Helvetia, Alexandre escolheu usar, em suas peças  etiquetas com design clássico

Tufi Duek apresentou uma coleção delicada e cheia de camadas e fluidez. A inspiração veio do livro “Botânica Magnífica”, de Jonathan Singer; texturas, formatos e cores de flores. O destaque da coleção foi o mix de texturas que apareceu de uma forma muito harmoniosa compondo a transparência de tecidos leves balanceando com os tecidos pesados e o trabalho de sobreposições, camadas e texturas presente nas peças.

FH por Fause Haten apresentou uma coleção primorosa, cheia de recortes e super colorida. A inspiração da grife foi  a África e o século XIX. Os comprimento foram bem democráticos, do mini ao longo, tudo tinha uma modelagem que valorizava as curvas do corpo, os tecidos eram leves, tivemos transparência, franjas, estampas de borboleta, espartilhos e maxi colares.

A Triton fechou a noite do primeiro dia de SPFW com sua coleção andrógina, urbana e colorida. A inspiração para a coleção, veio das ruas de “Tóquio“ . Teve mix de estampas e cores, a estamparia geométrica apareceu com força, e muitas peças tinham aquela pegada boyfriend. A modelagem foi democrática, e apareceu tanto justinha quanto soltinha, e no quesito comprimento, vestidos e saias mini predominaram.

Via: FH e Triton

FASHION RIO :: 4º DIA

Mallu Magalhães abriu o quarto dia de desfiles no Fashion Rio Verão 2013.  A jovem cantou no desfile da grife 2nd Floor que levou para a passarela uma mistura interessante: Tropicalismo e o universo dos cowboys. A coleção evoluiu de maneira bastante perceptível, começando com as peças P&B, partindo para a estamparia tropical e por fim os vestidos e as saias mulet, que traziam as cores da bandeira nacional.

Em seguida, com peças que reúnem estilos e detalhes multiculturais, o que, diga-se de passagem, é a cara da marca de um dos estilistas mais talentosos do mundo, a coleção de Alexandre Herchcovitch trouxe a proposta de um verão luxuoso. Inspirado em exploradores do deserto, o estilista colocou na passarela diversas roupas em tom cáqui e muito jeans, inclusive peças resinadas que deram a impressão de serem feitas de couro. A estamparia deu um show a parte, com desenhos de mapa-múndi e outras imagens, que são típicas das regiões desérticas. Uma coleção de tirar o folego!

Via

Nosso parceiro a mais de 12 anos, Alexandre apresentou sua coleção e aplicou etiquetas bordadas da Helvetia nas peças.

Para esta estação, Alexandre continua usando em suas peças etiquetas com design clássico de fundo preto e o nome da sua marca em branco.

A Espaço Fashion teve como inspiração para o Verão 2013, a Turquia e a banda de heavy metal Iron Maiden e juntou isso tudo ao mesmo tempo. Do Oriente, vem as peças em um tom de bege com desenhos de arabescos estilizados.  Já a parte heavy, pode ser percebida através dos tons de verde fluo e tecidos com aspecto plastificado.  Sobrou espaço também para os fluidos e assimétricos, must have da coleção.

Cantão desfilou na passarela, nesta edição do Fashion Rio, muito grafismo e cores.  A marca, se inspirou em elementos como a tipografia, os carimbos, os livros, as letras, dentre outros para compor os looks que darão o tom do próximo verão.  As estampas étnicas, com letras aleatórias e os desenhos florais em forma de borrões certamente chamaram a atenção. Dentre os materiais utilizados na confecção das peças estavam presentes a organza, a seda e o gaze de linho, responsáveis pela leveza e fluidez das peças. Na cartela de cores predominaram o laranja, o amarelo, 0 branco, o azul e o off-white.

Via

A Helvetia uniu-se a equipe da Cantão, para criar etiquetas bordadas inovadoras e criativas, que assinam os looks da coleção Verão 2013 da marca.

A parceria entre a fábrica de etiquetas Helvetia e a grife Cantão é marcada pelo uso de etiquetas recortadas a laser, com base jacquard de alta definição, que valorizam a proposta da marca em oferecer roupas autênticas, com modelagens e estampas marcantes, valorizando o conforto e o sentir-se bem.

Para encerrar o dia, Lenny Niemeyer levou para a passarela sua moda praia poderosa, com modelagens ousadas e fortes estampas. Além dos maiôs e dos biquínis, também estavam presentes vestidinhos, saias lápis combinadas a tops e chemisiers.

ALEXANDRE HERCHCOVITCH NA ELLE

A edição de maio da revista Elle brasileira dá início a uma série de quatro apêndices especiais que, além de celebrar os 24 anos da revista no Brasil e apresentar a trajetória de nomes importantes da moda brasileira, ainda traz um presente especial para os leitores: lenços exclusivos.

Serão quatro lenços assinados por renomados estilistas brasileiros, exclusivamente desenvolvidos para o projeto.

A primeira peça, criada por Alexandre Herchcovitch, acompanha a edição que traz a top canadense Coco Rocha na capa e já chegou às bancas na sexta-feira, 27 de abril. A publicação ainda traz um suplemento com a trajetória do designer.

Não dá pra perder!

Capa do especial Alexandre Herchcovitch da “Elle” brasileira e lenço exclusivo, criado pelo estilista.  Via.

A Helvetia acredita e aposta nos talentos da moda brasileira, por essa razão, também faz parte dessa história, afinal a parceria Helvetia e Alexandre já jura mais de 12 anos e claro que a etiqueta que leva o nome do estilista ao lenço foi produzida por nós!

Lenço assinado por Alexandre Herchcovitch tem padronagem listrada e etiqueta Helvetia.

Corre já pras bancas!


SPFW e FASHION RIO :: NOVO CALENDÁRIO

Paulo Borges, coordenador da São Paulo Fashion Week e do Fashion Rio, mudou o calendário dos eventos.

A partir de 2013, as coleções de verão deixarão de ser apresentadas em junho, passando para a segunda quinzena de março; as de inverno sairão de janeiro para a segunda quinzena de outubro. Este ano, excepcionalmente, São Paulo e Rio terão três edições dos eventos, em outubro, já que a da edição de verão já estava acertada. As datas ainda serão anunciadas.

A alteração do calendário é uma demanda antiga do setor, que enfrenta dificuldades para correr com as coleções a tempo de apresentá-las nos desfiles e, ao mesmo tempo, preparar o que vai para as lojas. “Temos uma grande oportunidade neste momento de efetivar as mudanças pretendidas. De um lado, porque as datas já estão sendo revistas em função dos grandes eventos internacionais que o Brasil vai sediar. Mais do que nunca, as marcas e a cadeia produtiva da moda estão maduras para essa grande transformação”, acredita Borges.
Via.